Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia

Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia

685-12-04-2021

12.04.2021 00:01:00

Mensagem em vídeo do Ministro dos Negócios Estrangeiros da Federação da Rússia, Serguei Lavrov, por ocasião do 60º aniversário do voo espacial de Yuri Gagarin, Moscovo, 12 de abril de 2021

    Caros colegas, amigos

    Este ano, o mundo inteiro está a celebrar uma data verdadeiramente grande - o 60º Aniversário do primeiro voo espacial tripulado. A 12 de abril de 1961, o cidadão do nosso país, Yuri Gagarin, completou, pela primeira vez na história, uma volta na órbita da Terra numa nave espacial tripulada.

    O significado deste salto para o espaço circunterrestre não pode ser sobrestimado - o lançamento da nave espacial Vostok assinalou uma nova era nos anais seculares da civilização. A proeza do nosso grande compatriota deu um contributo colossal para o desenvolvimento progressivo da humanidade, tendo confirmado a capacidade do nosso povo para resolver eficazmente as tarefas mais complexas e mais responsáveis.

    Para milhares de milhões de pessoas em todo o mundo Yuri Gagarin continua a servir de exemplo de heroísmo e abnegação, inspirando-as a superar quaisquer obstáculos no alcance dos mais ambiciosos e nobres objetivos. Por isso, não foi por acaso que há dez anos, por iniciativa da Rússia, a Assembleia Geral da ONU proclamou o dia 12 de abril como Dia Internacional do Voo Espacial Humano.

    Caros colegas,

    Estamos convencidos de que a cooperação construtiva em atividades espaciais deve permanecer entre os tópicos-chave da agenda internacional de união. Durante as últimas décadas, a Rússia, como país líder na exploração espacial, ajudou várias nações a lançar cosmonautas em órbita. No Comité das Nações Unidas para os Usos Pacíficos do Espaço, temos vindo a implementar uma política coerente para assegurar a igualdade de acesso dos Estados ao espaço exterior e para preservá-lo para as gerações futuras.

    Partimos consistentemente da tese de que só a prevenção garantida de uma corrida aos armamentos no espaço permitirá tornar possível a sua utilização para fins construtivos e em benefício de toda a humanidade. Defendemos o início de negociações sobre a elaboração de um instrumento internacional juridicamente vinculativo que proíba a instalação no espaço de armas de qualquer tipo e o uso ou ameaça do uso da força. Propomos que a respetiva proposta de tratado russo-chinesa que foi apresentada à Conferência sobre o Desarmamento em Genebra, em 2014, seja utilizada como base. A iniciativa avançada pela Rússia, e que se tornou internacional, no sentido de os países assumirem um compromisso político de não serem os primeiros a utilizar armas no espaço, destina-se a estabilizar a situação enquanto um documento multilateral deste tipo estiver a ser elaborado. Cerca de trinta Estados já se tornaram os seus participantes de pleno formato.

    Caros amigos,

    O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia faz o seu melhor para perpetuar a memória de Yuri Gagarin. A sede do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia, na Praça Smolenskaya, acolhe uma exposição fotográfica da TASS intitulada "Mensageiro da Paz" dedicada ao papel do primeiro cosmonauta na criação de uma atmosfera de amizade, confiança e compreensão mútua entre países e povos. As missões diplomáticas russas em todo o mundo estão a realizar uma série de eventos comemorativos do 60º aniversário do primeiro voo espacial humano. Iremos prosseguir tais atividades com o objetivo de manter a ligação entre os tempos e a continuidade das gerações e de aumentar a consciência do significado perene dos principais acontecimentos históricos, não só para o nosso povo, mas também para todo o mundo.

    Boas festas!

    Feliz Dia da Cosmonáutica!