21:57

Palavras iniciais do Ministro Serguei Lavrov proferidas nas negociações com o Ministro do Interior e Vice-Primeiro-Ministro da Sérvia, Nebojsa Stefanovic, Belgrado, 18 de junho de 2020

944-18-06-2020

Excelentíssimo senhor Vice-Presidente do Governo,

Obrigado por este encontro. Estou em visita a Belgrado num período em que comemoramos o 75o aniversário da Vitória na Segunda Guerra Mundial. Homenageamos todos os que tornaram possível esta Vitória. Acabamos de fazer homenagem e colocar flores aos túmulos dos guerreiros jugoslavos e soviéticos que sacrificaram as suas vidas pela vitória sobre a “peste castanha”.

Nós e os nossos amigos sérvios guardamos a sagrada memória daquela façanha e, ao mesmo tempo, tentamos fazer tudo para não permitir que se repita a situação em que uma ideologia de ódio à humanidade volte a ocupar territórios.

No palco internacional, em várias organizações multilaterais pronunciamo-nos categoricamente contra quaisquer tentativas de glorificação dos criminosos nazistas, de ressuscitação da ideologia nazista, de qualquer ideologia de supremacia racial e todas as manifestações de chauvinismo e intolerância.

É com base em respeito do direito internacional, da Carta da ONU que tratamos também o problema do Kosovo. Hoje, discutimos este assunto em detalhe com o Presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, e com o Ministro dos Negócios Estrangeiros do país, Ivica Dacic.

Apoiamo-nos firmemente na Resolução 1244 do Conselho de Segurança da ONU, que exige buscar a solução no âmbito do respeito à soberania e à integridade territorial da Sérvia. Como os nossos amigos sérvios, nós estamos preocupados com a situação nos Balcãs, inclusive no já mencionado Kosovo, onde se observam as tendências extremistas, radicais, que contrariam os princípios essenciais do direito internacional.

No quadro do nosso empenho de lidar com estes riscos e ameaças, assinamos hoje com vocês um tratado intergovernamental muito importante nos moldes da cooperação na luta antiterrorista. Este ato permitirá criar um quadro jurídico sólido para projetos concretos realizados em conjunto pelos nossos respectivos serviços, visando garantir o intercâmbio de informações, inclusive sobre os terroristas e militantes estrangeiros que, infelizmente, se dispersam por diversas regiões do mundo, inclusive nos Balcãs.

Este tratado criará um impulso adicional à cooperação intensa, ao seu desenvolvimento futuro, entre o seu Ministério e os respectivos serviços da Federação da Rússia. Falo do Ministério do Interior da Rússia, do Serviço Federal de Segurança da Rússia, do Serviço Federal de Proteção da Rússia e, claro, os seus acordos com o Secretário do Conselho de Segurança da Federação da Rússia, Nikolai Patrushev.

Vou invocar ainda mais uma área importante em que a Rússia coopera com a Sérvia e que o seu Ministério coordena imediatamente: o Centro Humanitário Russo-Sérvio na cidade sérvia de Nis. Apesar das tentativas de certos colegas ocidentais de politizar, nas suas avaliações, a atividade deste Centro, o mesmo realiza projetos muito importantes e concretos para lidar com situações de emergência, por exemplo, com os incêndios florestais na Sérvia no final do ano passado. O Centro também faz um trabalho muito importante na área da desminagem. Encaramos a cooperação nas áreas coordenadas pelo seu Ministério como uma contribuição muito importante para o desenvolvimento da cooperação prática dos nossos países no contexto do aprofundamento e reforço da parceria estratégica entre a Federação da Rússia e a República da Sérvia.

Para obter mais materiais

  • Fotos

Galeria de fotos
  • 944-17-06-2020.jpg

1 из 1 fotos do álbum

Corretamente as datas especiais
Ferramentas adicionais de pesquisa