18:02

Ministro Serguei Lavrov fala aos jornalistas após reunião com o Patriarca Irineu da Igreja Ortodoxa Sérvia, Belgrado, 18 de junho de 2020

939-18-06-2020

Agradeço à Sua Santidade por esta oportunidade de nos reunirmos. A situação não é tranquila hoje nos Balcãs, bem como em outras regiões do mundo. E não está a melhorar. Há muitos riscos e ameaças de agravamento. Falo do Oriente Médio, do Norte da África. Os ecos destas crises tornam-se cada mais ressoantes no continente europeu. Estes conflitos fazem surgir ideias muito radicais, inclusive os ataques extremistas aos cristãos, especialmente contra os ortodoxos. A situação vem a ser agravada pela promoção bastante agressiva pelos nossos parceiros ocidentais de valores neoliberais que eles tentam impor a todos. Nestas circunstâncias, todos os Estados responsáveis devem defender a sua história, cultura, tradições legadas pelos antecessores.

A Rússia, juntamente com a Sérvia e os seus partidários mantém com firmeza esta atitude. Empreendemos estes esforços no mesmo sentido com as Igrejas Ortodoxas, inclusive a Igreja Ortodoxa Russa e a Igreja Ortodoxa Sérvia, que têm tradicionalmente defendido os seus valores seculares, tendo também sempre sido pacificadoras.

Nem todos gostam disso, especialmente aqueles que tentam impor as suas regras “únicas” em todo o planeta, por isso as igrejas ortodoxas em todos os países são alvo de sérios ataques. Estes ataques devem ser combatidos e rechaçados pela força do espírito que sempre caracterizou as pessoas ortodoxas. A Rússia sempre defenderá os interesses das igrejas ortodoxas, pronunciando-se contra as tentativas de intervenção estatal nos seus assuntos internos, agirá lado a lado com as igrejas ortodoxas e com os seus hierarcas na promoção das ideais de paz para pacificar e solucionar os numerosos conflitos no nosso espaço comum.

Obrigado.

Corretamente as datas especiais
Ferramentas adicionais de pesquisa